Salvar postagem como: PDF

Total de visualizações de página

Anuncie sua empresa: 91 980686698

Translate

março 22, 2017

Sessão Especial sobre o Lixo


A Câmara Municipal de Ananindeua realizou, em 21 de março, uma sessão especial sobre coleta, triagem, destinação e reciclagem do lixo na Região Metropolitana de Belém. A sessão, requerida pelo vereador Breno Mesquita e subscrita pelos demais parlamentares da casa, fechou um ciclo de audiências realizadas em Belém, Ananindeua e Marituba, em resposta aos problemas com a Central de Tratamento e Processamento de Resíduos operada pela empresa Revita, localizada em Marituba, que tem trazido prejuízos aos moradores do município.
Estiveram presentes autoridades dos poderes executivo e legislativo das três cidades, além de representantes do Ministério Público de Ananindeua, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), de cooperativas de catadores e recicladores e das próprias comunidades de Marituba que estão sendo afetadas pelas dificuldades causadas pelo lixão, como fortes odores e contaminação do meio ambiente. 
Márcio Cabral, da Associação de Moradores de Santa Clara, em Marituba, denunciou as condições da Central da Revita. “Aquilo não é um aterro sanitário, é apenas uma montanha de lixo. Essa empresa há muito tempo vem descumprindo todos as determinações que foram impostas a ela. O que precisa mais para o que ela está fazendo seja considerado crime?”, questionou. 
A vereadora Chica, do mesmo município, fez coro à fala deste e de outros moradores que se manifestaram durante a sessão: “Não queremos que a empresa tome medidas para amenizar os transtornos; queremos que aquela central seja fechada. Se ela permanecer lá, tudo será apenas maquiado, e não resolvido”.
Rui Begot, secretário de Serviços Urbanos de Ananindeua, pontou a necessidade de os três municípios resolverem o problema de forma integrada, com o apoio do Governo do Estado. “Precisamos cobrar que a Revita cumpra o que é necessário enquanto fazemos a transição para outra solução, que seria um consórcio metropolitano para gerir a questão do lixo”, sugeriu. 
Durante a sessão, o vereador Breno Mesquita afirmou o comprometimento da Câmara de Ananindeua nesse processo. “Como resultado da sessão de hoje, estamos elegendo dois vereadores nossos para compor a comissão conjunta dos três municípios que sentará com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade para definir estratégias. Vamos pressionar essa empresa, que não nos recebe, não comparece às audiências e até agora só tem desrespeitado a todos. Queremos resolver isso o mais rápido possível”, disse.
Após o ciclo de audiências, vereadores e prefeitos dos três municípios já tiveram uma reunião, para dar encaminhamento às exigências de adequação à Revita. Como resposta a iniciativa dos parlamentares, a empresa encaminhou um documento à Câmara de Ananindeua, apresentando os procedimentos que está adotando para amenizar os problemas e agendando uma visita ao espaço da Central a partir do dia 10 de abril. Os vereadores ananindeuenses já se comprometeram a ir.
Texto: Ádria Azevedo
Foto: Mário 

0 comentários :

Postar um comentário

Todos os comentários serão bem vindos, porém, só aprovarei dentro do tema exposto.