Salvar postagem como: PDF

Total de visualizações de página

Anuncie sua empresa

Translate

fevereiro 16, 2014

Liberdade das Ruas


Ao observarmos as ações de "jovens" manifestantes nas ruas em algumas cidades brasileiras começamos a questionar se realmente vivemos a democracia ou estamos em um país tirânico. Sim, porque as ações de vândalos depredando, quebrando, roubando, saqueando lojas e supermercados, só é igual em países em que a revolta popular foi à última instância. Como no Egito por exemplo, país em que Hosni Mubarak reinava a mais de trinta anos. Motivo mais que justo  do povo.
No Brasil vivemos a democracia, um país com problemas na Educação, saúde, segurança, corrupção etc. Na medida do possível e com boa vontade essas deficiências serão sanadas. Ou será que a verdade é única. "O povo explodiu por não aguentar mais?"
Infelizmente não é assim. 
Os jovens presos por matarem acidentalmente o Jornalista da Tv Bandeirantes Santiago Andrade não são os mentores ou mesmo criminosos; entretanto, será que em algum momento das manifestações em que participaram eles pensaram na realidade brasileira. Qual a mudança que eles buscavam? Tragicamente, a resposta é nenhuma, apesar de um deles citar em entrevista, de uma maneira tímida, o que gostaria que mudasse.
A realidade curta e objetiva é que, por um longo período ou não, os rapazes continuarão a ser expostos como os malfeitores, criminosos e assassinos que devem pagar pelo delito. Algo que a maioria concorda. No entanto, não podemos esquecer que por trás de tudo isso existe uma máfia que comanda, instruí, dá as coordenadas, dita regras.
Vivemos uma democracia, porém, precisamos de uma mudança urgente em nossas leis, para que os verdadeiros culpados em ações de vandalismo ou crimes contra a pessoa humana sejam localizados e presos juntamente com os idealizadores das ações.



0 comentários :

Postar um comentário

Todos os comentários serão bem vindos, porém, só aprovarei dentro do tema exposto.