Salvar postagem como: PDF

Total de visualizações de página

Anuncie sua empresa

Translate

fevereiro 04, 2013

Gurizada Fandangueira

A história sempre se repete


Sempre que o Estado é atingido por uma tragédia, existe a possibilidade da população clamar por justiça e junto com esse clamor a condenação dos supostos envolvidos.
O caso da Boate Kiss em Santa Maria é mais uma dentre as várias tragédias que já aconteceram no Brasil. Evidente é que, está entre as maiores.
A tendência é que uma rápida resposta seja dada a sociedade. Agora, fica um questionamento:
Qual o preço dessa resposta?
Prendendo e condenando pessoas supostamente culpadas?
A causa de todo esse caos está bem clara. Faltou fiscalização dos órgãos competentes. Fato este notório quando extintores não funcionaram, saídas de emergência insuficientes, forro inflamável. Como sempre a segurança de funcionários e clientes ficaram em segundo plano. Se é que isso seja em algum momento levado em consideração.
Ninguém em sã consciência soltaria fagulhas para o teto sabendo que poderia incendiar. Nem os proprietários poderiam prever uma catástrofe como essa. Então de quem é a culpa? 
A culpa pertence exclusivamente àqueles que tem o poder de fiscalizar e não o fazem. O jeitinho brasileiro de se resolver problemas é a causa de muitos males. 
Estão procurando sim, um bode expiatório, para expiar todos esses erros grotescos contra a vida humana.

4 comentários :

Cada um tem a sua parcela de culpa, infelizmente, mas, no Brasil só querem fazer alguma coisa quando a tragédia é consumada. Agora estão fazendo vistoria nas boates de São Paulo porque está recente,porém se cada um assumissem as suas responsabilidades ou até mesmo os seus erros tudo seria diferente. Eu sei que as famílias estão sofrendo,é muito triste.

Como leiga e por ter sido responsável por instalações de associações e igrejas, sei que o tratamento acústico deve ser protegido de forma que a fiação não tenha contato com ele
pois a fiação elétrica pode descarregar uma pequena carga de energia, que pode incendiar a manta acrílica ou o isopor usado no isolamento acústico.
Ponto dois, o isolamento acústico deve ser tampado com material resistente.
Terceiro ponto. Os extintores devem ser vistoriados e renovados nas datas escritas neles e devem ser testados.
Para mim, quem vai quem vai se ferrar é a banda. Só que eles se apresentavam com certa frequência nesta boate. Sendo assim, durante os últimos anos, pelo menos 1 vez por mês eles viveram este risco, pois sempre que a banda se apresentava lá, fazia o show com luzes e fogos.
Quando vamos abrir uma unidade de serviço para uma Associação, a lista de exigências é enorme e não podemos iniciar os trabalhos enquanto todos os órgãos entreguem suas autorizações. Fora a exigência de documentos: é habite-se, laudo técnico emitido por engenheiro ou arquiteto inscrito no CREA;atestando as condições de segurança e habitabilidade do prédio para os finas a que se destina; declaração de capacidade técnica e operacional firmada pelo representante legal; cadastro Municipal de Vigilância em Saúde- CMVS- expedido pela Coordenação de Vigilância em Saúde -  COVISA ou protocolo do pedido de cadastramento obtido junto a Secretaria Municipal de Saúde; planta arquitetônica ou croqui do prédio; planta modificada, se houver, vistoria do Corpo de Bombeiros e autorização destes para funcionamento e muito mais. Tudo o que não se pode burlar.
Como assim eles estavam abertos e ninguém sabia que estavam todos com problemas de documentação e segurança.
É necessário ter saída de emergência demarcada de forma que todos tenham noção onde está, entrada e saída de deficientes físicos e áreas de fumantes demarcada.
São muitos fatores a serem levados em consideração. Como assim nada disto foi visto?As saídas eram verdadeiros labirintos e estreitos.
Os erros eram grotescos e visíveis a olhos nus. Mas estes sinais de segurança não são analisadas pelos jovens,simplesmente por nosso país não ter cultura de ensinas desde a infância noções de segurança e primeiros socorros.
Elisabeth Lorena Alves

Concordo Erlon, se há um culpado ou culpados, o 1.o da lista seria os bombeiros que deveriam fiscalizar e não fizeram ou fizeram vistas grossas!

Todos são responsáveis de alguma forma, mas com certeza o principal responsável é o órgão fiscalizador.

Postar um comentário

Todos os comentários serão bem vindos, porém, só aprovarei dentro do tema exposto.