Salvar postagem como: PDF

Total de visualizações de página

Anuncie sua empresa

Translate

janeiro 17, 2013

Tito Barata

A ditadura militar no Brasil durou 21 anos. Época em que as manifestações artísticas foram reprimidas e a imprensa era submetida a uma censura prévia.
Tito Barata nasceu no Rio de Janeiro e de todos os momentos marcantes de sua vida, um ressalta com firmeza: 
"O fim da ditadura militar. Foi marcante participar daquela transição  de governo que durou longos 21 anos, para a volta da democracia no país. Especialmente em relação aos acontecimentos no Pará. Nossa geração fez parte disso." 
Tito coordena a área de literatura e expressão de identidade do Instituto de Artes do Pará e o Projeto Memória IAP que visa recuperar, em registros orais e escritos, toda a memória artística paraense dos anos 1950 a 1970. Com certeza esse projeto é grande e exige muita dedicação dos profissionais envolvidos.
Sem dúvida alguma a cultura de um Estado precisa ser valorizada. E só podemos mudar uma situação contrária quando homens com potencial se prontificam em agir. O grande desafio de Tito Barata e equipe é chegar a cada um dos municípios paraenses com efetividade. Certo é que, não é uma tarefa fácil, porém o dinamismo pode fazer a diferença.
Produzir arte e cultura no Brasil não é fácil mas quando há empenho e dedicação em qualquer projeto em nossa vida o sucesso é inevitável.




8 comentários :

Poxa amigo gosto disto, de ver que alguns blogueiros cristãos tem uma visão mais aberta sobre o Universo Cultural.
Tomara que todo o Pará veja os benefícios efetivos desta nomeação.
De fato produzir cultura no Brasil é uma iniciativa hercúlea, pois a Mídia ama mudar o foco do que é de fato Cultura e vem ao longo dos anos popularizando muita porcaria, assim sendo, criar estratégias para que o povo seja mais culto é algo que deve ser feito de forma imediata.
Que as pessoas envolvidas neste Projeto, sejam apaixonadas pela ideia do que é Cultura e estejam dispostos a fazer até o impossível para valorizar todo o pensamento cultural paraense.
Sou sempre a favor de que as pessoas cuidem da memória cultural de seu Estado.
O interessante é que Tito Barata é um cidadão carioca por nascimento. Que ele faça muito pelo Pará.
Amigo, continue abordando temas relacionados a Cultura, Não só do Pará, mas de todo o nosso país. Isto é muito importante para ampliar os horizontes das pessoas que usem seu site para adquiri informação e para aqueles que não tem o hábito de informar-se por outros meios, encontre aqui o que se faz necessário para a construção de um pensamento social mais focado e ampliar suas visões.
Parabéns!

Muito bem colocada essa exposição com relação à Tito Barata..
Oxalá nascessem outros Titos por aí!
Grandes projetos necessitam de grandes cabeças para atingirem grandes alvos!
Precisamos marcar uma geração não gritos, faixas e foices, mas com o poder da palavra escrita e expressão da cultura! Não somente regional, mas como um todo.
Quem sabe dessa maneira, possamos atingir alvos mais fixos e tirar essa mancha onde o Brasil é o país de " nádegas", cerveja e futebol!
Quem tem ouvidos ouça, quem tem olhos leia e quem tem massa cinzenta, por favor!! faça alguma coisa para mostrarmos as verdadeiras pérolas culturais e artísticas que temos do Oiapoque ao Chuí..Chuí este, pertencente ao meu lindo Estado do Rio Grande do Sul!

A arte sempre vale a pena, ainda mais quando é usada como um agente de mudança, de transformação, proporcionando reflexão e catarse. Belo trabalho, e contem com nosso apoio e admiração.

Acho que é um trabalho belissimo, apesar de nao ser facil, mas é importante para a memoria do nosso povo. Boa sorte!

É sempre necessário pessoas de coragem pra trazerem grandes mudanças. Bom texto.
Geeh Rodrigues
http://solteiricecrista.blogspot.com.br/

É muito valido,um projeto com essa visão;Sempre será bem vinda projetos que valoriza as raízes de um determinado povo ou região;São poucos os que se dedica em revelar e trazer a tona todo um acontecimento com os mínimos detalhes.Parabéns à Tito Barata.

Muito bom, concordo com a sua colocação " Quando a empenho e dedicação em qualquer projeto em nossa vida o sucesso é inevitável". É válido mostrar realmente uma cultura genuina, e também ter uma visão mais ampliada. Muito interessante o IAP, gostei , eu não conhecia.Parabéns!

Com certeza a união faz a força! Excelente entrevista e iniciativa do Tito.

Postar um comentário

Todos os comentários serão bem vindos, porém, só aprovarei dentro do tema exposto.