Salvar postagem como: PDF

Total de visualizações de página

Anuncie sua empresa

Translate

fevereiro 06, 2012

Manifestantes entram em confronto com policiais na Assembleia na Bahia

É interessante como as situações se invertem, a polícia que é acostumada a reprimir grevistas, agora é reprimida.

4 comentários :

Mais uma prova de que o ser humano está sem controle!

tendo em vista de ter o segundo maior piso salarial do pais é um greve injusta e puramente politica e a justiça deveria agir com mais rigor tratando do mesmo jeito como eles o tratam quem para o seus salarios na truculencia sem nem um respeito como eles fazem com os cidadãos Bahiano

Nenhum trabalhador cai mais nessa lábia demagógica, (típica de governo petista) de que "não tem orçamento para pagar" o que os grevistas pedem. Já que acham injusta essa greve, ou acham que policial ganha bem, faz o seguinte: sigam a vida sem segurança pública (será que conseguem?) e quando se verem em apuros (assaltados, roubados, casas invadidas, medo bem mais presente que o atual), procurem algum político (será que encontrará?) que lhes socorram, ou façam melhor, demitam esses policiais subversivos e contratem novos. Simples não? Que os governadores e seus respectivos secretários de segurança, saiam às ruas e convidem quem quer ser um policial, quem sabe encontrará algum cidadão que queira (até mesmo cidadão de bem). É inacreditável como alguns cidadãos esquecem que a primeira pessoa que deseja ver quando sai de casa, é um policial que lhes transmita uma sensação de segurança. Mesmo o mais hipócrita, hoje em dia, sente medo ao sair às ruas e sabe que, sem polícia, não existe paz urbana. No Pará, o ilustre governador fez essa leitura e, sensato, jogou água na fervura, para o bem do ingrato e infeliz povo paraense.

Eu não sei o que é pior bandidos ou policiaís corruptos, sem nem um senso de responsabilidade ao aderir ao comando de militante sem ética, sem cararter e sem credibilidade, e com ficha suja na policia isso é imoral é tipico de pessoas sem conhecer seus direitos e deveres um servidor público tem por obrigação seus direitos e deveres fui servidor publico por 25 anos e so fui manobrado uma vez pelo meu sindicato que na época era um grande sindicato até hoje ainda é, mais tinha uma laranja podre no meio(Evandro Eletronorte) com muita luta ele foi excluido, hoje nosso sindicato é um dos mais forte do pará, e não fazemos greve sem conhecer a realidade do estado e da empresa que trabalhamos, agimos com responsabilidade e respeito com quem paga nosso salario( conhecemos nossos deveres)

Postar um comentário

Todos os comentários serão bem vindos, porém, só aprovarei dentro do tema exposto.