Salvar postagem como: PDF

Total de visualizações de página

Anuncie sua empresa

Translate

agosto 16, 2011

Dois dias antes de execução de juíza Patrícia Acioli, policial civil denunciou existência de plano à PF

Além dos muros, homens condenados, sem perspectiva. Para cá dos muros, uma sociedade hipócrita e corrupta. 
O que prevalece é a lei do silêncio, silêncio este que faz com que muitos não venham a agir quando é necessário agir ou se calam quando se deve falar.
Os que fazem algo para mudar o quadro são considerados "linha dura" e temidos por suas decisões, e ficam a mercê da própria sorte. Até quando haverá essa omissão?


A juíza Patrícia Acioli, morta a tiros quando chegava em casa, na última sexta-feira (12), em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, reclamava por escrito da falta de proteção policial, por causa das ameaças de morte que recebia. Leia mais... Ela chegou a enviar ofícios ao Tribunal de Justiça do estado (TJ-RJ).

0 comentários :

Postar um comentário

Todos os comentários serão bem vindos, porém, só aprovarei dentro do tema exposto.