Salvar postagem como: PDF

Total de visualizações de página

Anuncie sua empresa

Translate

junho 08, 2011

Escravas Sexuais - Kuwait

Salwa Almutairi - Ativista islâmica

Enquanto a maioria das mulheres pelo mundo lutam por igualdades de direitos e principalmente por respeito, uma política islâmica chamada Salwa Almutairi sugere o seguinte:

"Escravas sexuais" para os homens se manterem virís e descentes às suas mulheres evitando assim o adultério. 
O mais interessante disso tudo, é que as "escravas sexuais" seriam as não muçulmanas que estivessem presas no país e até sugere importar "escravas".
Esta é mais uma bizarrice de políticos, agora no Kuwait. Se querem fazer "escravas sexuais" façam as muçulmanas, é muito fácil sacrificar as presas e estrangeiras que não tem como se defender.
Mais um absurdo.

Leia a matéria


8 comentários :

Eitaaaa!!Deus que benção essa informação não é??olha aprendi muito com esa informação infelismente é realidade,e temos que orar muito por essas pessoas se compadecer de suas chagas,e fazer o ide,parabens pelo trabalho...
paz
Zozinha

isso não poderia vim do ocidente e sim do oriente onde a religião manipulada ao bel prazer de seus seguidores que por sinal são instruidos a tão grande aberração essas pessoas não sabem amar e por isso não são amados,não conhece o verbo conquistar será que na sexualidade eles consegue satisfazer alguem ( e sabem fazer sexo de verdade) parece que não para fazer tamanha insensatez (burrice)

Realmente vaso, isso é um absurdo, lembrei de alguns casos de abusos que a biblia conta, o homem precisa de cura, precisa de Deus!!!!!!!!

Nossa! Não sabia disso, como pode estar acontecendo uma coisa dessas em pleno século XXI?

Essas pessoas que escravisam estas mulheres pensam que são os bam bam bans mas eles também são escravizados e existe alguém que ri disto tudo e esse alguém é satanás,onde ja se viu dizer que escravisa estas mulheres para não acontecer adultério,sera que eles não veem que sexo com outra pessoa a não ser sua esposa é adultério?Pode ser por escravidão,por vontade propria,seja la como for,tudo isso é adultério e condenado por Deus.Devemos orar e interceder para que essas pessoas abram os olhos para a realidade e enxerguem o quão errados estão.Por isso o evangelho de Cristo tem que ser anunciado,para que as cadeias de satanás venham ao chão e pessoas assim sejam libertas pelo sangue de Cristo.Por isso evangelizem!
Fique com Deus e tenha um ótimo dia!

Assim, o que adultera com uma mulher é falto de entendimento; aquele que faz isso destrói a sua alma. Provérbios 6:32


Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela. Mateus 5:28

blog abençoado parabéns!!
noticias muito interesssantes gostei muito !!
aguardo vc lá no meu abraçossss
http://soucristaoesirvoajesus.blogspot.com/

http://williansamueloautista.blogspot.com/

Female sex slaves? I wonder if it was MAN sex slave... would they like that idea?

Olá, eu sou muçulmana e gostaria de esclarecer sobre as regras de escravidão sexual em minha religião. Primeiro devo lembrar que escravas sexuais sempre existiu no mundo inteiro. A diferença é que o Islam deu regras e alguns direitos a elas. Primeiro não comparem a escrava sexual com prostituta. A escrava sexual só pode ter sexo com o dono dela, ela tem que ser fiel. Ela é como uma segunda esposa só que em vez de ter um contrato de casamento, ela tem um contrato de propriedade. Se ela engravidar, o filho dela é legítimo e livre. Tem direito de herança e tudo. Ela não tem as obrigações de uma esposa, a única obrigação dela é entreter o dono dela e só ele. Diferente das escravas no Brasil que se relacionava com todos os homens da casa. A esposa livre também tem direito ao divorcio mas a escrava não, já que não é casada. A relação do dono com sua escrava é totalmente lícita e não é adultério. Ela é pura, não é prostituta.

Postar um comentário

Todos os comentários serão bem vindos, porém, só aprovarei dentro do tema exposto.