Salvar postagem como: PDF

Total de visualizações de página

Anuncie sua empresa

Translate

novembro 08, 2010

O PALCO DA VIDA

Silvia e Anderson

O ator na encenação
Graças ao controle do comportamento e da dicção, o ator imagina possíveis situações de enunciação onde o seu texto e suas ações adquirem um sentido. Essas situações, no mais das vezes, são apenas sugeridas por alguns indícios que esclarecem a cena e o papel. É a responsabilidade do encenador, mas também do ator, decidir que indícios serão escolhidos. Somente o ator sabe (mais ou menos) que escala os seus indícios gestuais, faciais ou vocais possuem, se os espectadores são capazes de percebê-los, e que significações ele poderia atribuir a eles. Na "posse" dos seus signos, é preciso que seja ao mesmo tempo suficientemente claro para ser percebido e sutil para ser diferenciado ou ambíguo. Neste sentido, a teoria do ator inscreve-se numa teoria da encenação, e, de modo mais geral, da recepção teatral e da produção do sentido: o trabalho do ator sobre si mesmo, em particular sobre as suas emoções, só tem sentido na perspectiva do olhar do outro, portanto do espectador que deve ser capaz de ler os indícios fisicamente visíveis da personagem assumida pelo ator.

Fonte: http://www.grupotempo.com.br/tex_pavis.html

Todos nós temos dons dado por Deus, dons estes que nos fazem diferentes, dons que fazem com que nós marquemos espaços determinados.
Ser ator é mais do que interpretar um personagem. Quem faz o ator ser bom ou ruím é o público, é a platéia que aplaudirá, e como diz certa passagem bíblica "A exaltação vem de Deus".
Dessa maneira em muitos momentos de nossa vida, achamos que não somos nada e não valemos nada, mas na realidade temos muito mais a dar do que imaginamos.
Somos atores com interpretações diferentes, mas no mesmo palco, que é  o palco da vida!

2 comentários :

muito boa postagem erlon,
o palco da vida onde nós mesmos interpretamos cada um diferente do outro

legal

abraços cara

ótima postagem Erlon,que Deus continue te usando poderosamente.Anderson e Sílvia

Postar um comentário

Todos os comentários serão bem vindos, porém, só aprovarei dentro do tema exposto.