Salvar postagem como: PDF

Total de visualizações de página

Anuncie sua empresa

Translate

junho 27, 2010

Criminalidade

De acordo com reportagem do Jornal o Liberal, a participação de menores infratores em mortes violentas cresce de forma assustadora em Belém, a faixa etária dos jovens assassinos está entre 13 e 17 anos.
Só no primeiro semestre foram 866 boletins registrados contra menores.
Isso são apenas estatísticas registradas, que pela lógica,  serviria para dar uma solução em um futuro, mas não existe solução.
A crise da violência,  não falo com relação a Brasil, mas sim a Belém onde moro, está relacionado principalmente ao descaso das autoridades em dar condições para que a situação mude. Mudar como? se a situação de violência é mundial?
Seria simples se o  Estado desse condições a esses jovens e adolescentes em praticar algum tipo de esporte e principalmente voltar a estudar. Isso seria apenas um recurso na luta contra, drogas e violência. Mas não vemos essa preocupação por parte dos governantes. Falam de primeiro emprego, cursos profissionalizantes,
mas na prática é bem diferente. Os desfavorecidos ficam bem distante dessa realidade, pois nem escola frequentam.
A criminalidade abrange todas as camadas sociais, mas o maior índice é na camada mais baixa da população.
Época de carnaval ou de copa do mundo são separados locais para que multidões se aglomerem e participem desses eventos. E por quê não fazer movimentos sociais que envolvam esporte em cada bairro da cidade e integrem jovens e adolescentes que estão a mercê do crime.
A fé sem as obras é morta, e um Governo sem atitude também é morto.

Opinião formada não se discute.

0 comentários :

Postar um comentário

Todos os comentários serão bem vindos, porém, só aprovarei dentro do tema exposto.