Salvar postagem como: PDF

Total de visualizações de página

Anuncie sua empresa

Translate

março 22, 2010

O sinal em Caim !

Não importa se somos ricos, pobres, todos necessitamos de Deus. Porque em algum momento de nossa vida surgirá uma situação à qual aparentemente não terá solução. Há pessoas que dizem que só a morte não tem solução, mas até isso, se Deus colocar a mão, tudo é resolvido.
Sem dúvida alguma Deus é o maior dos mistérios. Há pessoas que vivem  uma saúde perfeita, mas de repente adoeçem e morrem. Outras são pessoas íntegras, dígnas, honestas, mas que morrem as vezes de uma maneira violenta. Outras ainda são pessoas péssimas, que não merecem crédito algum pelos atos praticados, pessoas que não são honestas, enganam até a mãe se for preciso, mas contudo, continuam vivendo sem se dar conta dos males que afetam a maioria das pessoas.
No livro de Genesis é narrado a história de Abel e Caim. Caim por inveja matou Abel. E Deus perguntou para Caim: "Onde está teu irmão"? e a resposta foi: Porventura sou eu guardador de meu irmão?
Sempre temos uma desculpa para os nossos erros. E isso acontece não só com o  pobre, mas também com o rico. Qual a razão disso? Simplesmente porque Deus não faz acepção de pessoas. Diante de Deus todos nós somos iguais.
Estava ministrando a palavra dentro da penitenciária onde fica somente  os policiais militares infratores.  E passei a observar o semblante deles. Apesar de estarem privados da liberdade, ainda se via um sorriso diferente, e isso porque, o grau de instrução deles é diferente. E passei a imaginar os presos de outra penitenciária que fica logo em frente. Quando entramos alí, muitos abaixam a cabeça, e não é rara as vezes, quando passamos por essas pessoas, e sobe um arrepio dos pés a cabeça. Realmente ali o maligno está presente. Bem, mas e onde fica os policiais militares, não?
No momento em que ministrava a palavra fiz a seguinte pergunta aos policiais militares: "Quando entro aqui, percebo que o semblante de vocês é diferente, homens com sorriso nos lábios, apesar da situação, homens com boa aparência, mas acredito que isso ocorre porque o grau de instrução de vocês é diferente dos demais. Quando entro em outras penitenciárias os homens ali parecem bicho. Mas me respondam, qual a diferença entre vocês policiais militares para os demais presos de outras penitenciárias"? Nesse momento ninguém respondeu. E completei. Não há diferença, porque todos vocês são presidiários, todos vocês infringiram a lei, todos vocês se afastaram de Deus pelos seus atos. E isso não ocorreu  em um piscar de olhos, mas foi a cada dia, gota a gota, até que as águas transbordaram. As águas da justiça de Deus.
Deus falou para Caim: "Eis que colocarei um sinal, para que quem o encontre, não o mate".
As vezes nos consideramos insuperáveis, santos, irrepreenssíveis, acima de qualquer suspeita. Mas Deus já colocou o sinal em nós, para nos dar a chance de nos arrepender. A chance de mudar o nosso caminho, a chance de passarmos a ter uma nova visão. Mas na maioria das  vezes não interpretamos assim. Pensamos que tudo que ocorre é para o nosso mal, ou então atribuímos tudo o  que acontece ao poder  malígno, como se houvesse algum poder maior do que o poder de Deus.
Somos pessoas comuns diante de Deus, pessoas com fraquezas, fracassos, pessoas que precisam crescer no conhecimento a respeito de Deus.
Somos pessoas que com certeza, Deus já colocou o sinal, o mesmo sinal que foi colocado em Caim. Mas tudo é para o nosso bem. Deus nos dá a chance de fazermos uma reflexão a respeito de tudo o que fizemos, estamos fazendo e ainda queremos fazer.
Para que venhamos a dar uma pausa na caminhada e refletir: Será que vale a pena continuar?

3 comentários :

Muito bom que Deus continue te abençõando e te usando desta forma maravilhosa para abençoar e ganhar vidas para Cristo.

Em Deus podemos todas as coisas, e por Jesus Cristo de Nazaré recebemos a graça da SALVAÇÃO, penso particularmente que quanto pior a pessoa for antes da conversão melhor será quando Cristo tiver em sua vida, como aquela parábola, de dois homens que deviam para um patrão, um média "800" e outro devia "400", e o patrão perdoou os dois, e Jesus pergunta, qual dos dois ficou mais grato, e respondem o que devia mais, Jesus respondeu o Reino dos Céus é semelhante a isto. Jesus lhe abençoe e guarde sempre sua vida. Em minha opnião e pela fé em Jesus Cristo vejo a presença de Deus em suas atitudes.

Caim ele teve a escolha,de sentir inveja ou não do irmão,de matar ou não o seu irmão..então temos o livre arbitrio pra escolher,acredito q como Deus não faz acepção de pessoas + ele olhou o melhor dos irmãos Caim ñ quis se corrigir qndo Deus se agradou da oferta do seu irmão,ele deveria pensar se ñ dei o melhor então procurarei da proxima melhora,ele simplismente desistiu e deixou o odio entrar em seu coração,e muitas vezes fazemos isso achando q desistindo irá ser melhor..Caim ñ compreendeu a repreenção do pai,prefeiru ver com outros olhos,sendo q a plavra diz q Deus repreende aquele q ama,então temos a escolha..aceitar a repreenção e escolha a se corrigir ou se esconder nos trapos sujos q muitas vezes tem nossa alma,a ver o AMOR DE DEUS até mesmo chamando nossa atenção ou deixa q o inimigo das nossas almas mostre q o pai é ruim e descontamos nossas frustrações em outras pessoas.temos a escolha. Ser abel dar o seu melhor ou ser Caim oferecer de qualquer jeito sua oferta!penso assim!Claudia!

Postar um comentário

Todos os comentários serão bem vindos, porém, só aprovarei dentro do tema exposto.