Salvar postagem como: PDF

Total de visualizações de página

Anuncie sua empresa

Translate

janeiro 04, 2010

Justiça de Deus


A foto acima é da reportagem da Revista Veja: Os irados não param. Diz assim:
Os levantes de massa contra regimes repressivos seguem um roteiro parecido. Primeiro, as pessoas tomam coragem e começam a ir a protestos de rua. Apanham são presas, sofrem barbaridades nos cárceres. Se a repressão funciona nesse estágio, as manifestações refluem. Quando a ira contra o regime supera o medo - e o número de irados é suficiente para criar a impressão de que muitos cairão mas outros mais continuarão os manifestantes não param. Em alguns casos, invertem a lógica da força:
Os repressores levam pancada dos reprimidos. Essa é a situação do Irã hoje.

Trazendo o texto para o lado pessoal de cada um podemos entender que:
Em várias fases de nossa vida nos vemos reprimidos por alguém ou por alguma situação. Mas no momento quando passamos a ter coragem de protestar contra algumas situações somos colocados como em uma berlinda. Ficamos isolados e com isso sofremos. Nem todos pensam como você. Apesar de viverem as mesmas situações, os mesmos problemas. Quando você dá um passo para não concordar com alguma coisa, todos sabem que isso terá uma consequência e não querem se unir a você. Se vire para lá dizem alguns. A partir desse momento você passa a levar o rótulo de rebelde. Simplesmente porque você não concorda. Não só por isso, mas porque você falou com todas as letras: E U  N Ã O  C O N C O R D O.
É bem difícil assumir uma posição onde a maioria já se acostumou com o comodismo. No Irã o comodismo acabou. Chegou no limite.
E todos nós temos um limite.
Mas depois que assumimos nossa posição temos que estar prontos. A repressão é grande.
Não há repressão maior do que aquela onde você não é agredido. As pessoas sorriem para você te cumprimentam, mas você sabe que tudo é forjado. Você passa a não ter mais oportunidades que antes você tinha porque dizem eles: Ele é rebelde. Você está no meio deles mas não pertence mais ao grupo. Não pertence mais ao clã. A rebeldia é como um pecado de feitiçaria comparam alguns.
Mas com o tempo você aprende pelos fatos que se seguem que a palavra do homem deve ser sempre: Sim Sim ou Não Não. E que a tua postura apesar de ter te trazido consequências principalmente no teu convívio social apresenta você não como uma pessoa que possa ser dominada  por palavras ou  levada pela vista dos  olhos., Mas sim alguém que sabe se posicionar e tem opinião própria. E com o tempo você vê que a palavra de Deus se cumpre. A Palavra diz: E com os teus olhos verás a recompensa dos ímpios. Mas será que todos são ímpios e só você é bom? Não! de maneira nenhuma. Mas em muitas ocasiões agimos como ímpios porque não agimos e não falamos conforme a verdade e a veracidade dos fatos. Simplesmente ficamos em cima do muro e não nos posicionamos.
E quando agimos conforme a verdade e sofremos o isolamento que muitos nos impõe, de longe nós contemplaremos a recompensa dos ímpios.
Tudo aquilo que você sofreu por defender uma verdade, por defender uma opinião. Esse sofrimento virá a teus opressores. Cada palavra, cada gesto, cada mover de olhos, cada pensamento secreto do coração, cada palavra dita em quatro paredes.
A foto acima é rica em detalhes e mostra os soldados sendo chutados pelos manifestantes. Cada chute representado por aquilo que escrevo, são situações difíceis que você passou, lágrimas, isolamento, calúnia. Mas todos aqueles que agiram dessa maneira com você, sentirão tudo o que você sentiu e terão as mesmas privações e humilhações. E naquele dia dirão:  Ele(a) tinha razão a respeito daquela situação. E você verá isso de longe. E dirá: Reamente eu estava certo(a) em me posicionar daquela maneira. E não me arrependo de nada do que fiz.
Deus é Fiel.


1 comentários :

A justiça de Deus não falha. E tudo que está escrito é uma verdade.

Postar um comentário

Todos os comentários serão bem vindos, porém, só aprovarei dentro do tema exposto.