Salvar postagem como: PDF

Total de visualizações de página

Anuncie sua empresa

Translate

outubro 21, 2009

Quem merece estar no Topo?

Em  março de 1995 juntamente com meu irmão organizamos um torneio de futebol de salão na Guarda Municipal de Belém, tínhamos como objetivo a arrecadação de alimentos. E naquela data arrecadamos 50 cestas de alimentos não pereciveis para distribuir entre famílias carentes da periferia. Antes de iniciar o torneio em seus preparativos, mandamos confeccionar camisas. A principio todos teriam a palavra "Apoio" nas costas, mas como é sempre bom aparecer um pouco mais nestes momentos, tive a brilhante ideia de colocar a palavra "Coordenador" em nossas 02 camisas. só na nossa.
Tudo preparado. Início do torneio.
Tudo transcorria na mais perfeita normalidade, jogos bem disputados, mas de repente uma entrada brusca de dois jogadores e um se lesionou gravemente. Até aí tudo bem. O lesionado não era eu, mas de repente uma voz ecoa do meio da quadra: Cooorrddeennnaadorrrrrrr. Cooorrddeennnaadorrrrrrr....
Simplesmente abaixei minha cabeça, porque nem Kit primeiros socorros tinha sido levado para o torneio. Assim, um jogador que tinha um carro se prontificou a levar o jogador lesionado ao Pronto Socorro.
Às vezes queremos estar no topo sem termos a devida qualificação ou preparo, no caso, eu não tinha nem qualificação nem preparo, mas queria estar no topo.
Certa vez entrei no Presidio Estadual Metropolitano Americano I juntamente com o Sr. Olenilton Gonçalves coordenador  da equipe de evangelismo. Cada pavilhão que entravámos era um cadeado que se fechava.
Ao chegarmos no pavilhão onde seria realizado o culto, vi um homem sentado de pernas cruzadas, posição imponente, mangas compridas, biblia na mão, e o cumprimentei. Ele era na realidade um Pastor, mas estava preso, até aí tudo bem.
Mas o que me chamou a atenção foi que: De onde ele estava sentado ele dava ordens aos outros presos. Ele dizia: Ei Presbítero faço isso, Diácono venha para cá. Percebi algo estranho. Quem tinha ungido aqueles detentos nessas posições eclesiasticas? Tinha aproximadamente uns 100 detentos reunidos naquela manhã.
No momento da ministração da palavra, fui convidado a ministrar. Peguei o microfone e disse:
"Hoje esse lugar que serve como púlpito aqui está florido. Tem Diácono e levantei minha mão. Tem Presbítero e tem Pastor e em cada palavra que pronunciava olhava para eles e finalizei dizendo:
"Esta muito bonito, mas se pegar a cada um e jogar dentro de um buraco e tapar, não vamos perder nada, pois nenhum vale nada, porque Deus não quer rótulo e sim fidelidade. Ao falar isso todos os presos se levantaram em uma euforia aplaudindo e dando glória a Deus. Eu não sabia, mas o Pastor estava fazendo coisas erradas.
A posição que possuímos hoje é apenas algo que conquistamos através de nosso esforço e não por simples vontade própria de aparecer para os outros.
Torneio da Solidariedade, realizado em março de 1995.

6 comentários :

Experiências como essas realmente, não são para serem esquecidas!!


Um forte abraço a Todos..!

A queda de muitas pessoas que estão "no topo", na verdade são o resultado do que fizeram para chegar até lá. De 1995 até hoje, muitos fatos aconteceram e, dentro dessa "construção" que se chama vida, certamente, o alicerce é o que conta, para saber se merecemos ou não estarmos no "topo".

maravilhoso, fico a penssar como tem pessoas que acreditam na fé e fazem acontecer, são pessoas como vc que DEUS capacita e acredita vc tem um dono e ele te ama muito,e obrigado a deixa eu fazer parte da sua familia vc é como um irmão para mim e é muito especial, que DEUS te ilumine hoje e sempre.
"A FÉ UM FIRME FUNDAMENTO DAS COISAS QUE NÃO SE VEEM MAIS ACREDITAMOS QUE ELAS EXISTEM".

Realmente, o homem nada é. Ele apenas planeja, porquanto o executar é de Deus.Estar no topo não significa estar na perfeição ou ter o controle da situação.Creio que estar no topo é estar na dependência de Deus, uma vez que das alturas, Deus dirige todas as coisas dando sapiência ao homem que se deixa dirigir pelo Senhor de todas as coisas.
Eliã-Advogada Trabalhista

Será que nos esforçamos para obtermos a posição que sonhamos ou desejamos para sermos diferentes, mostrarmos que vencemos, que nos superamos, ou será porque temos a certeza que ocupando tal posição é a única maneira de ajudarmos os outros?

Muito legal mesmo! Boa para meditar né irmão? Pra estar no topo precisa estar embaixo primeiro... "quem quer ser o maior, que seja como o que serve".
Obrigada por compartilhar! super edificante pra mim.

Postar um comentário

Todos os comentários serão bem vindos, porém, só aprovarei dentro do tema exposto.