Salvar postagem como: PDF

Total de visualizações de página

Anuncie sua empresa

Translate

setembro 08, 2008

Jovens Evangélicos


O Leão da Tribo de Judá
Eles vão as baladas, namoram, surfam e usam roupas da moda. A diferença entre os evangélicos e a maioria dos outros jovens é que suas festas são sem alcool, o namoro é sem sexo e as roupas, sem exageros - nada de saias pelos pés e cabelos pela cintura, mas decotes e comprimentos moderados. A maneira brasileira de ser evangélico ajuda a explicar os números impressionantes: 17% dos jovens entre 15 e 29 anos se identificam como seguidores de algumas das denominações evangélicas. Basta entrar em qualquer culto pentecostal para constatar a vitalidade de sua presença: Praticamente a metade da igreja é sempre composta de jovens. Orgulhosos de seguir uma doutrina aparentemente tão contrária a tudo o que a juventude aprecia em nome de valores espirituais, também assumem a busca da realização material ("Nós merecemos o melhor" é uma declaração constante). Em algumas igrejas específicas, a promessa de redenção é um atrativo poderoso. "A maioria vem aqui porque tem angústias de várias naturezas, entre elas o vício em drogas. Mas uma vida desregrada e um certo desconforto com o mundo, que muitas vezes nem eles mesmos sabem explicar, também trazem muitos jovens para a igreja", enumera Rodrigo Ribeiro Rodrigues, membro há três anos da Bola de Neve Church, igreja conhecida em São Paulo pela presença absoluta de Jovens. Rodrigo trabalha como assessor de imprensa da Bola de Neve - sim, a igreja tem assessor. Além dos cultos, ele frequenta o inusitado pub gospel Brother Simion, ponto de encontro de jovens crentes em São Paulo. O Brother Simion é isso mesmo: pub, ou seja, lugar meio escurinho onde jovens se encontram, e gospel, o que quer dizer que lá não se pode fumar nem beber. "O que mais sai aqui é Açai", diz o Brother Simion em pessoa, o dono do estabelecimento. E que fique claro aos casais: Beijar pode: Avançar o sinal, não.
Com o público Jovem como o alvo específico, as igrejas evangélicas organizam cultos e reuniões frequentes, estimulam a integração, oferecem emprego e atividades esportivas, em ambiente de violência Zero - um diferencial tremendo em locais atormentados por altíssimos índices de criminalidade. Praticamente garantem um futuro de prosperidade e um casamento estável.
A quem já escorregou, asseguram a oportunidade de passar uma borracha no passado e ser acolhido como uma nova pessoa, querida pela comunidade.

Fonte: Revista Veja edição 2077 nº36

Todas as Igrejas Evangélicas tem os mesmos princípios doutrinários.,principamente no que diz respeito a salvação, tendo Jesus como intercessor.
O restante como por exemplo a vestimenta (Roupas) variam de igrejas para igrejas., mas o comportamento cristão prevalece em todas.
Os jovens precisam de espaço e não de opressão.

Através desta matéria constatamos que o Ensino correto da Palavra de Deus
transforma vidas. E atráves dessa palavra Deus transforma o mundo. "Autor do Blog".

0 comentários :

Postar um comentário

Todos os comentários serão bem vindos, porém, só aprovarei dentro do tema exposto.