Salvar postagem como: PDF

Total de visualizações de página

Anuncie sua empresa

Translate

março 06, 2008

E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará ! praticantes do hinduismo!












Você não viaja realmente para a Índia a menos que você entre em sua cultura, principalmente no aspecto religioso e na importância que isso assume na vida de cada um de seus habitantes.
Apesar de ter sofrido invasões, perseguições e virado colônia britânica, a Índia é um dos poucos países em que a estrutura religiosa que define a identidade da nação permanece intacta.HINDUÍSMO - A principal religião do país é o hinduísmo, seguido por 80% das pessoas. Em número de adeptos, é a maior religião da Ásia. É caracterizado por vasta quantidade de deuses - cerca de 330 milhões, livros sagrados e por pregar que as pessoas enfrentam uma série de renascimentos até que atinjam a libertação espiritual, e não renasçam mais. Existem três práticas básicas na religião, a adoração, os rituais de cremação e as regulamentações do sistema de castas. É uma religião que não aceita conversões: ou você nasceu hindu ou nunca será um.BUDISMO - Já o Budismo, apesar de ter nascido na Índia, foi sendo incorporado pelo hinduísmo, até perder totalmente sua força. Hoje, os hindus consideram Buda uma encarnação de um de seus três principais deuses, Vishnu. Os outros dois são Brahma e Shiva. Existem cerca de 7 milhões de paraticantes do budismo atualmente na Índia.ISLAMISMO - E apesar da divisão do país para que os muçulmanos tivessem a própria terra, a Índia ainda abriga cerca de 100 milhões de praticantes da religião. A influência no país é perceptível na arquitetura, arte e comida.SIKHS - Já os Sikhs (famosos por usarem turbantes) formam um grupo de 18 milhões de paraticantes. A religião foi criada para reunir o melhor (ao menos o que eles consideravam o melhor) do hinduísmo e do islamismo. As regras, no fundo, são parecidas com as do hinduísmo, embora abolido o sistema de castas. > Confira outros trechos do livro> Veja a galeria de fotos de Sem Pauta> Envie sua opinião ao autor> Quer comprar o livro? Saiba como Veja outras matérias Veja outras matérias

0 comentários :

Postar um comentário

Todos os comentários serão bem vindos, porém, só aprovarei dentro do tema exposto.