Salvar postagem como: PDF

Total de visualizações de página

Anuncie sua empresa

Translate

janeiro 08, 2008

SUSPENSO


O governo vai alterar as regras do crédito consignado para aposentados e poderá obrigá-los a pagar mais caro por esse tipo de empréstimo.Ainda nesta semana, o INSS(instituto nacional do seguro social)deverá editar uma medida para reduzir o limite que o segurado pode comprometer da renda mensal com esse tipo de operação e ampliar o prazo de pagamento da dívida.
Na prática,significa que o aposentado poderá levar mais tempo para quitar o empréstimo e,portanto,pagará mais juros aos bancos.Pelas regras atuais,os segurados tem uma margem de comprometimento da renda mensal de até 30% do seu benefício.O novo limite será de 20%.Já o prazo será estendido de 36 para 60 meses.
O governo vai permitir ainda que 10% da renda do aposentado seja usada para pagar empréstimo consignado por meio de cartão de crédito.
O ministro interino da previdência,Carlos Gabas,nega que haja aumento de custo."isso já acontece hoje porque porque o aposentado,assim que tem uma folga,renegocia o prazo de empréstimo de novo com o banco",declarou.Ele afirma que,em média,os aposentados que recorreram ao consignado já contrataram 2,5 operações.
Para o presidente do sindicato dos aposentados da força sindical,João Batista Inocentini,os aposentados vão pagar mais juros,mas realmente muita gente já refinanciava o seu emrpéstimo"disse.
Desde o dia 2,as operações do consigninado para os aposentados estão suspensas,à espera da nova regulamentação,prevista para esta semana.No dia 20 de dezembro,o INSS editou norma sobre o assunto,mas o texto,segundo Gabas,foi mal interpretado pelo mercado financeiro e precisa se refeito.
Segundo ele,os bancos entenderam que havia um aumento do prazo,sem redução do limite da renda que pode ser comprometida com o empréstimo consignado.
Por isso,o governo suspendeu as operações e publicará um texto mais claro sobre o assunto.fonte :folha press-brasilia

0 comentários :

Postar um comentário

Todos os comentários serão bem vindos, porém, só aprovarei dentro do tema exposto.